sexta-feira, abril 24, 2009

Ratinho reestreia no SBT com a língua mais afiada


Ratinho estava mais que bem-humorado, na noite de quinta-feira (23), na festa da área comercial que o SBT promoveu na Danceteria Pacha, em São Paulo. Ele, que volta com o Programa do Ratinho em maio, foi, para variar, muito direto.

“Fiquei um ano e meio fora do ar e senti muito falta. Claro que estou feliz em voltar. Vou fazer um programa jornalístico moderado e sem o mau humor do Datena (apresentador do Brasil Urgente!, da Band). O programa terá comentários, mas serei bem mais calmo. Conversei, sim, com a Band duas vezes, mas optei por ficar no SBT, de quem tenho afiliadas no Sul, porque achei justo”, disparou Carlos Massa, ao chegar na danceteria metido num elegante terno preto.

Ao contrário do que se vem dizendo, ele afirma que não voltou ganhando menos:

"Estou ganhando até mais. Na verdade, o meu programa se paga e o que sobrar dos merchans, eu racho com o SBT", contou ele, referindo-se ao fato de co-produzir sua atração como canal de Silvio Santos, dividindo lucros e gastos.

Recomeço difícil

O Programa do Ratinho irá ao ar de segunda à sexta, das 17h30 às 18h30. Os dois ratinhos e, possivelmente, Sombra estarão de volta na empreitada. A atração terá também o bom e velho auditório. Ratinho, entretanto, vê seu retorno com os pés no chão.

"Só vou começar a dar uma boa audiência depois de um mês, quando o público se acostumar comigo novamente e com a atração", garantiu.

O apresentador de língua afiada não está preocupado se irá fazer o mesmo de sempre, apesar de criticar a tevê atual:

“Nesse período em que fiquei fora, percebi que a internet superou a tevê, porque é mais rápida, dinâmica, o público cansou de ver a mesma coisa”, avaliou.

Mas o programa não volta no velho formato?

“Volta, mas eu faço nada com coisa nenhuma”, disparou.

A ideia do novo Programa do Ratinho é informar a dona-de- casa sobre tudo o que aconteceu no Brasil.

"Queremos que ela vá assistir a sua novela já sabendo das notícias importantes, ou seja, sem precisar assistir ao Jornal Nacional", concluiu.

Joel Neto Web Developer

Nenhum comentário: