terça-feira, dezembro 27, 2011

Morre um dos maiores astros da dramaturgia mexicana



O ator mexicano Pedro Armendáriz Jr., que estrelou mais de cem filmes e telenovelas, morreu ontem, em Nova York, aos 71 anos. O ator tinha câncer.

Pelo grande público, Armendáriz Jr. é mais conhecido pelo papel de Don Pedro em "A Máscara do Zorro" (1998) e sua continuação, "A Lenda do Zorro" (2005), com Antonio Banderas e Catherine Zeta-Jones. Ao lado de Banderas, o ator atuou também em "Era uma Vez no México" (2003), de Robert Rodriguez, que tem no elenco Salma Hayek e Johnny Depp.

No Brasil, Armendáriz ficou conhecido ao participar da telenovela "Amy, A menina da mochila azul" exibida pelo SBT no ano de 2004.

Segundo um comunicado oficial da presidência mexicana, "o presidente Calderón e sua esposa, Margarita Zavala, expressam aos familiares, amigos e à comunidade artística de seu país as mais profundas condolências pela perda de um grande ator que colocou em destaque o nome do México dentro e fora da nossa nação".

Nascido na Cidade do México em 6 de abril de 1940, Armendáriz Jr. era filho de um astro da época de ouro do cinema mexicano (1912-1963). Figura recorrente da televisão mexicana, o ator teve sua última participação em novelas em "La Fuerza del Destino" (A força do destino), concluída neste ano.

Tanto Armendáriz Jr. quanto seu pai atuaram em filmes da série do agente secreto James Bond. "Moscou contra 007" (1963) traz o pai, enquanto o filho aparece em "007 - Permissão para Matar" (1989). Ambos os atores também interpretaram o papel de Pancho Villa; o primeiro em uma série de filmes, e Armendáriz Jr. em "Gringo Velho" (1989).

O ator também atuou como secretário e presidente da Academia Cinematográfica Mexicana; entre os prêmios destacados que recebeu estão um dedicado ao conjunto da carreira, no Festival Internacional de Cinema de Guadalajara, em 2006.
Joel Neto Web Developer

Nenhum comentário: