quarta-feira, janeiro 16, 2013

Logotipo oficial de “Libre Para Amarte”, próxima novela de Emílio Larrosa, que será protagonizada por Gloria Trevi e Gabriel Soto


Clique na imagem para ampliá-la

Daniel Web Developer

2 comentários:

Anônimo disse...

Será que essa próxima novela do Emílio larrosa vai decolar e ser sucesso de audiência?

Afinal o que vcs acham ele ter chamado cantora Gloria trevi para ser atriz e aí vc acha que ela combina com ator Gabriel Soto???

verdade@@@@

Daniel disse...

Bem as comédias do Larrosa são boas, Hasta que el Dinero Nos Separe foi um tremendo sucesso fez mais sucesso que Corazón Salvage que passava no horário nobre, creio que Libre Para Amarte vai ser sucesso, pois ele não vai cometer o mesmo erro que cometeu em Dos Hogares.

Dos Hogares tinha um bom enredo e uma boa proposta mais o México é um país muito machista e quando foi colocado que Anahí era casada com dois ao mesmo tempo eles não viram isso com bons olhos.

Se fosse ao contrario um homem casado com duas mulheres como foi no caso da novela Viviana na qual o Héctor Bonilla era casado com a mocinha feita Lucía Méndez e com a vilã da historia ao mesmo tempo com certeza teria emplacado como Viviana emplacou nos 70, pois para eles é comum homem pegar várias mulheres e reprimiram esse enredo por ser uma mulher pegando dois homens e vivendo em uma bigamia já que traduzindo o título, Dois Lares ou em inglês Double Life (Duas Vidas), ela vivia com os dois só que em segredo já que nenhum sabia do outro.

Outro problema em Dos Hogares era seu elenco: parecia que todos haviam passado pela mesa de cirurgia do Dr. Hollywood, pois eram todos muitos perfeitos: as atrizes magras, siliconadas, corpinho violão e os homens sarados e bem conservados, e claro algumas bizarrices como a Laura León com a cara toda deformada e esticada pelo botox e na vida real ninguém é 100% perfeito de corpo e de rosto como era nessa novela.

O próprio elenco nessa questão não foi bem escolhido tinha gente que nem combinava no perfil do personagem.

Outra questão foi isso de escolher a Anahí como protagonista pelo fato de ela ter milhões de seguidores no Twitter, se acharam que ela iria atrair audiência por conta disso quebraram a cara bem bonito.

Os originais do Larrosa são bons mais o problema é que eles deveriam ser feitos em uma emissora fora do México como a Telemundo, por exemplo, que foca em historias que foge da típica e clássica historia cor de rosa e o público que acompanha as novelas da Telemundo tem a mente aberta e não vivem nos anos 80 como os mexicanos ainda vivem.

O fato é que pode ser um tiro no pé mais acho que Larrosa gosta de arriscar de mostrar temas atuais e que estão acontecendo na atual sociedade mundial, acho que Televisa tem que mostrar isso, os temas atuais e não ficar com historias cor de rosa e puramente clichês, tá na hora de renovar.

Público tá cansado daquela mocinha que fica na janela esperando pelo mocinho, isso até funciona em historias de época, pois era assim naqueles tempos, mais hoje em dia isso não cola.

Fica sozinha e bancando a pobre coitada que não é feliz porque o destino é contra porque quer e também de mostrar que ela pode amar outro personagem além do mocinho, isso de ficar na novela apenas com um cara para não ficar sozinha acho isso ridículo.

Na vida real não é assim uma pessoa pode amar e se desiludir com quem ama mais vai procurar outras para que a amem e não ficar chorando pelos cantos por alguém que não merece e que se a ama realmente estaria com ela e não com a vilã da historia.