quarta-feira, fevereiro 01, 2012

Globo edita e cria novas aberturas de suas novelas para o mercado latino


Há muito tempo a Rede Globo vem querendo conquistar o mercado latino, o que tem se tornado uma missão impossível já que apenas as novelas A Escrava Isaura e O Clone caíram no gosto do público latino.

Depois da novela Passione do autor Silvio de Abreu ter sido retirada do ar na Argentina devido ao seu baixo ibope, agora a emissora de Roberto Marinho tentará apostar em “mexicanizar” suas novelas para assim caírem no gosto do público latino.

Depois de se ver obrigada a editar a novela Viver A Vida, excluindo vários núcleos desnecessários e sem função nenhuma de sua historia e tirando o foco da jovem modelo negra Helena (Taís Araújo) e passando a focar sua historia principal na modelo mimada Luciana (Alinne Moraes), agora a nova aposta da emissora do “Plim Plim” será a de “mexicanizar” a abertura de suas novelas para esse mercado.

As novelas Insensato Coração e Araguaia, que recentemente foram vendidas para o mercado latino com os títulos de Insensato Corazón e Rio del Destino, ganharam novas aberturas (confira elas abaixo) com cenas de seus capítulos e canções de cantores latinos no lugar das canções interpretadas por cantores brasileiros nas suas aberturas originais.




Assim como ocorreu na novela Viver A Vida, alguns núcleos desnecessários foram excluídos para assim deixar as duas tramas mais rápidas e não tão enroladas como ocorreram em suas exibições por aqui.

Outras tramas que também foram vendidas para o mercado latino foram: Cordel Encantado, O Astro e Fina Estampa que serão exibidas com os nomes de Cuento Encantado, El Astro e Fina Estampa, que tiveram suas aberturas originais mantidas e apenas alteradas a ordem de seus créditos.

Assim como as tramas de Gilberto Braga e Walter Negrão, as três tramas citadas acima também tiveram núcleos que não servem para nada retirados de sua historia para deixá-las assim mais leves e naturais ao gosto do público latino.

Outra curiosidade é que assim como ocorreu em Viver A Vida, às novelas Insensato Coração e Fina Estampa tiveram suas protagonistas, Marina (Paola de Oliveira) e Griselda (Lilia Cabral), colocadas como personagens secundárias em suas respectivas historias.

Por vez suas as antagonistas de ambas as tramas, Norma (Glória Pires) e Tereza Cristina (Christiane Torloni), passam a serem as protagonistas principais, dá forma em que estas novelas foram editadas e vendidas para o mercado latino.

Já em Cordel Encantado o foco principal da historia será nos casais Doralice (Nathalia Dill) e Felipe (Jayme Matarazzo) e Úrsula (Deborah Bloch) e Herculano (Domingos Montagner) e não no casal principal Açucena (Bianca Bin) e Jesuíno (Cauã Reymond).
Daniel Web Developer

4 comentários:

Anônimo disse...

Muitas mentiras nessa nota ! Cristiane Torloni não será protagonista de nada..e pelo trailer de Cordel,dá para ver que a novela continua igual a original,Açucena e Jesuino como protagonistas..hahaha Ri algo quando vc escreveu que Lilia Cabral perderia espaço na edição internacional de Fina,ela é uma das atrizes mais famosa do Brasil..Não tem nada pra por na nota,não invente !! E só pq a Globo decidiu mudar 2 aberturas que tinham ficado horriveis nas versões originais,ela está

Gavilán del Norte disse...

A Globo é uma piada.

Anônimo disse...

Primeiramente,acho esse negócio de "mexicanizar" é uma balela!A Globo é uma das poucas emissoras,provavelmente a única no mundo,a seguir um padrão peculiar na produção de novelas!
Desde os anos 70,as tramas da emissora sempre tiveram boas vendas,mas acredito que o principal ponto negativo das vendas é o idioma,pois a maioria dos países não gosta de produtos dublados!
Não foram só as novelas "O Clone" e "Escrava Isaura" que conseguiram conquistar os latinos!Tramas como "Mulheres de areia","Dancin'days","Laços de família","Por amor", "Terra Nostra" e "Da cor do pecado" foram grandes sucessos ao redor do mundo, inclusive na América Latina!Esta última vendida para cerca de 100 países!!!
Acredito,também,que essa dificuldade da Globo em vender as tramas é que a maioria das nossas novelas têm uma realidade diversificada!Normalmente,as novelas latinas são bem cor-de-rosa ou de fácil entedimento!As novelas da Globo tocam em temas diversificados e mais complexos e,algumas vezes,bem típicos dos brasileiros!
Não estou criticando as novelas latinas,mas tentando fazer uma análise geral dentre as peculiaridades entre Globo e Televisa,que são bem mais profundos que esse pequeno comentário,mas é importante destacar a importância que Globo e Televisa têm para a dramaturgia mundial,cada uma com seu estilo e seus domínios!!!Bom,é isso aí!!!

Layne Cris disse...

q comentário grosso dos anônimos rsrs
Assim, é normal adaptar um produto para o país onde foi vendido.
É interessante moldar o produto ao gosto do freguês.